Programa de redução de jornada e salário deverão ser renovados

O governo vai retomar o programa que permite a redução de jornadas e salários ou suspensão do contrato de trabalho, afirmou o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) durante uma cerimônia, no Palácio do Planalto.

Segundo ele, o programa deverá atender o setor de bares e restaurantes, um dos mais afetados pela crise. Ele também citou a retomada do Auxílio Emergencial no início do mês de abril. O valor, entretanto, será em média, R$ 250, muito abaixo do que uma família, ou mesmo uma pessoa necessita para passar o mês.

As falas de Bolsonaro ocorreram no dia seguinte a uma manifestação, com live e distribuição de panfletos, organizada pelas centrais sindicais, reivindicando a reedição do auxílio de 600 reais mensais. Em transmissão ao vivo os presidentes das centrais Força Sindical, CUT, UGT, CTB, CSB e Nova Central, exigiram vacinas para todos e auxilio de R$ 600, além de emprego e renda e lockdown contra a pandemia. Dirigentes reforçam importância de uma paralisação total por 21 dias e a necessidade de proteção social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *