Nota de pesar e repúdio

O Sindicato do Trabalhadores do Vale do Sapucaí (SINDVAS) lamenta a morte da vereadora do (PSOL-RJ), Marielle Franco, e estende aos familiares, amigos e companheiros de luta os pêsames pela perda irreparável. O SINDVAS também repudia o crime brutal que terminou com a vida da mulher, negra, nascida na periferia, mãe, defensora da igualdade, das minorias e dos direitos humanos.

A sociedade brasileira não pode mais aceitar a impunidade e deve pressionar para que o assassinato de Marielle e do motorista Anderson Pedro Gomes seja esclarecido. Os culpados pelo crime precisam ser identificados e julgados pela lei brasileira.

A morte de Marielle não vai calar quem luta por um Brasil mais justo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *