Morte de trabalhador em fábrica da Jeep será investigada

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco instaurou inquérito, de ofício, para investigar a morte do trabalhador Vandson Milton da Silva, de 23 anos. Ele morreu durante o cumprimento da jornada de trabalho na fábrica da Jeep, em Goiana, na segunda-feira (16). De acordo com informações, ele foi atingido por uma espécie de contêiner e arremessado a metros de distância. A estrutura tinha cinco metros de altura, pesava aproximadamente 70kg.

Em caso de verificada a responsabilidade da empresa, o MPT pode acioná-la na justiça do trabalho, pedindo pagamento de dano moral coletivo e regularização das condutas de trabalho, ou ainda firmar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC). O procedimento será arquivado, se a culpa da montadora não for comprovada.

O MPT lembra que denúncias vinculadas ao caso, que somem à investigação, podem ser juntadas ao inquérito. Demais irregularidades trabalhistas também podem ser feitas pelo portal da instituição: https://peticionamento.prt6.mpt.mp.br/denuncia

Dados – De acordo com dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, no Brasil, mais de 27 bilhões, de 2012 até hoje, foram gastos com benefícios acidentários. De 2012 para cá, mais de 4 milhões de acidentes foram registrados, uma média de 48 por segundo. Em Pernambuco, os números apontam, de 2012 para cá, mais de 73 mil acidentes, sendo 383 deles fatais. Uma média de uma morte de trabalhador a cada cinco dias.

 

MPT

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *