Nota sobre anúncio da taxa Selic

Queda tímida!

Mais uma vez o Copom (Comitê de Política Ecônomica)  frustra o setor produtivo e se curva aos especuladores. A redução da Selic  anunciada é pequena. Os trabalhadores almejam por uma queda drástica na taxa de juros. A taxa Selic continua proibitiva, e o Brasil perde outra chance de apostar na produção, consumo e geração de empregos.

Vale destacar que juros altos sangram o País e inviabilizam o desenvolvimento. O pagamento de juros, por parte governo, consome e restringe consideravelmente as possibilidades de crescimento do País, bem como os investimentos em educação, saúde e infraestrutura, entre outros.

Vale destacar também que o Brasil contabiliza cerca de 13 milhões de desempregados e com essa política de juros, a atividade econômica cai cada vez mais. Temos cobrado medidas contra a desindustrialização do Brasil e em favor da geração de empregos de qualidade, mas, diante do descaso do governo, o problema continua colocando em risco a nossa produção industrial e os postos de trabalho.

Essa política, de se curvar aos especuladores, resulta em queda da atividade econômica, deteriora o mercado de trabalho e a renda, aumenta o desemprego, diminui a capacidade de consumo das famílias e compromete o crescimento econômico.

Miguel Torres – presidente da Força Sindical

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *