OAB confirma apoio às lutas por direitos, empregos e democracia

Presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz reafirmou o compromisso da entidade com as lutas em defesa dos direitos da classe trabalhadora, do movimento sindical brasileiro, dos empregos de qualidade, da democracia e das instituições.

Este apoio foi dado em reunião nesta quarta, 11 de março, na sede da OAB em Brasília, com Miguel Torres, presidente da Força Sindical, da CNTM e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, e Sérgio Luiz Leite, o Serginho, presidente da Federação dos Químicos do Estado de SP e 1º secretário da Força Sindical.

Miguel e Serginho foram à OAB após uma tarde inteira de debates na Comissão Mista do Congresso Nacional para examinar a MP 905, que cria o “Contrato de Trabalho Verde e Amarelo” sem direitos e precariza as relações de trabalho. A reunião da MP 905 foi suspensa e remarcada para a próxima terça-feira, 17 de março, às 14h.

“Falamos ao presidente da OAB sobre a PEC 196, que moderniza e fortalece o movimento sindical representativo e atuante, e reafirmamos que a medida provisória 905 é um desastre para os trabalhadores e para o Brasil”, diz Miguel Torres, já convocando uma nova mobilização na terça-feira junto aos deputados e senadores para que não aprovem mais este desmonte dos direitos da classe trabalhadora.

Logo após à visita à OAB, Miguel Torres fez um agradecimento aos demais dirigentes sindicais mobilizados nesta semana no Congresso, às importantes atuações do deputado Paulinho da Força e dos parlamentares do PT e de outras siglas que também não aceitam a retirada dos direitos da classe trabalhadora e os ataques ao movimento sindical.

Por Val Gomes
Assessor de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *