Região Sul segue na onda roxa em Minas Gerais

Depois de passar cerca de 30 dias na onda roxa do Minas Consciente, a macrorregião Triângulo do Norte apresentou melhora em todos os indicadores relacionados à covid-19 e pode avançar para a onda vermelha. O restante do estado segue com as medidas mais restritivas. A decisão foi tomada nesta quarta-feira pelo Comitê Extraordinário Covid-19. Durante a reunião, o governador Romeu Zema destacou que o momento ainda é difícil e pede cautela para preservar vidas.

Na última semana, Minas Gerais apresentou aumento de 6,9% no número de casos e de 8,1% nos óbitos. A incidência da doença cresceu 20% nos últimos 7 dias e 41% em 14 dias. A positividade atualmente é de 43%, o que significa que esse é o percentual de resultados positivos para covid-19 entre pacientes com sintomas gripais.

Ainda durante a reunião, o Comitê aprovou a alteração nas deliberações que tratam do fornecimento de medicamento e marcação de cirurgias eletivas na rede privada. Em relação aos medicamentos necessários para intubação, os hospitais particulares deverão informar à Secretaria de Estado de Saúde sobre os estoques de insumos. Já as cirurgias eletivas deverão ser suspensas na rede privada, dada a escassez geral de medicamentos de intubação em nível nacional e a ocupação elevada de leitos.

Com informações

Agência Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *