×

Centrais fazem passeata em São Paulo em defesa dos direitos dos trabalhadores

Centrais fazem passeata em São Paulo em defesa dos direitos dos trabalhadores

As centrais sindicais realizaram hoje, pela manhã, “um esquenta”, que marcou o início do Junho de Lutas contra as Reformas. Os sindicalistas saíram em passeata até a Praça da Sé. Ao som do trio Raça de Pajéu  eles caminharam a partir da Praça Patriarca pelas ruas do centro de São Paulo gritando palavras de ordens contra as reformas trabalhista e previdenciária. Alguns trabalhadores com roupas e chapéus das festas juninas.

Representantes das centrais convocaram a população para uma greve geral do dia 30 de junho. No entanto, João Carlos Gonçalves, Juruna, secretário-geral da Força Sindical, afirmou que o dia 30 será revisto. “O que está mantido é o Ocupa Senado”, no próximo dia 28, quando deve ser votada a reforma trabalhista”, garantiu Juruna.

O vice-presidente da Força Sindical Miguel Torres informou que “os metalúrgicos estão fazendo assembleias nas principais empresas da base e participando dos atos convocados pelas centrais contra as propostas de reforma”.

As mobilizações do Junho de Lutas contra as Reformas serão entre os dias 20 e 30 desse mês. “Nossa intenção é barrar as votações das reformas. A luta é feita passo a passo. Dia 28 será a vez do Ocupa Senado”, destacou Eduardo Annunciato, Chicão, presidente do Sindicato dos Eletricitários.

Compareceram ao ato  representantes de várias categorias, como metalúrgicos, trabalhadores da alimentação, condomínios e edifícios, químicos, aposentados, entre outros.

 

Minas Gerais

Nesta terça-feira (20) haverá ato público unificado em Belo Horizonte, na Praça Sete, a partir de 16 h, como um “esquenta” para a greve geral do dia 30/06.

Publicar comentário