1.103 greves de janeiro a agosto

De janeiro a agosto de 2018, os trabalhadores brasileiros realizaram 1.103 greves.. Mais da metade (53%) foi organizada por servidores públicos e pouco mais de 40%, pelos empregados na esfera privada.

Foram registradas 424 greves no funcionalismo público municipal; 141 no estadual e 16 no federal. Professores e auxiliares técnico-administra-tivos foram responsáveis por mais da metade das paralisações (221) nos municípios e um terço das mobilizações nos estados (53) e no nível federal (6).

Na esfera privada, foram registradas 119 greves no setor industrial e 333 nos serviços.

Os trabalhadores metalúrgicos foram responsáveis por mais da metade das greves (66) na indústria; os da construção, por um quarto desses movimentos (33). Nos serviços, pouco mais de um terço das greves (125) foi realizada por trabalhadores dos transportes e mais de um quinto pelos que atuam no segmento asseio e conservação (75).

Dieese

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *